TENHO UM BLOG E TRABALHO COM ISSO, PRECISO REGISTRAR COMO MARCA?

É nítido que a profissão de blogueiro ou digital influencer é real e já faz parte da rotina de todo mundo.

Com isso, muitos desses blogueiros alcançam um grande público e geram uma alta receita, produzindo conteúdos nas plataformas online como os blogs, por exemplo.



Pois você sabia que possuir apenas um domínio na internet não protege o blog? O que cumpre essa função é justamente o registro de marca, garantindo que ele seja a propriedade do criador de conteúdo.


E por que isso é importante? Um dos motivos principais, e o qual a gente sempre fala e salienta, o registro gera credibilidade, e tendo em vista o alcance que esses blogs têm, é muito importante eles terem a confiança do seu público e até de outras empresas no momento de firmar contratos e parcerias.


Mas, além disso, há outros benefícios, tendo o blog registrado como marca impede que qualquer pessoa copie o nome ou o logotipo do blog. Tendo o certificado de registro em mãos, o profissional será proprietário da marca do seu blog.

Todavia, aqui merece um adendo, quando tratamos de registro de marca de um blog, não tem nada a ver com os direitos autorais.


Um exemplo claro disso tudo é o do blog nacionalmente conhecido “Garotas Estúpidas” da Camila Coutinho o qual existe há mais de 10 anos, e conta com milhares de leitores e seguidores nas redes sociais. A marca da blogueira venceu uma ação na justiça em face de uma fabricante de cosméticos.


Ocorre que, a empresa de cosméticos lançou uma linha de produtos para cabelos utilizando o nome “Garota Estúpida” e ainda, um personagem que lembrava muito a blogueira, obviamente, sem qualquer autorização prévia. Esses produtos eram comercializados e divulgados online.


Acontece que, o blog “Garotas Estúpidas” possui registro junto ao INPI, sendo assim, a marca tem total exclusividade de uso no âmbito nacional, e com isso obteve êxito na demanda judicial.

A juíza responsável por julgar o processo, entendeu que os nomes poderiam causar confusão entre os consumidores, claramente, pois a Camila Coutinho fala muito sobre beleza nas suas mídias, sendo assim, seria fácil o consumidor acreditar que ela estaria fazendo uma parceria com a tal marca.


Por fim, a empresa foi proibida de utilizar a marca e ainda sofreu busca e apreensão de todos os produtos que estavam disponíveis no mercado.


Assim, conseguimos concluir que o registro de marca é indispensável, inclusive para os blogs.


Autor (a): Eduarda Ferrari

FONTE: https://www.migalhas.com.br/quentes/276336/camila-coutinho-consegue-retirar-cosmeticos-garota-estupida-do-mercado

7 visualizações

Escritório Porto Alegre
Fone: + 55 51 3231-0111

Escritório Florianópolis
Fone: +55 48 3024-3360

(48) 99972-0025

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle